16AGO

Como funciona o financiamento de um apartamento

Você sabe como funciona o financiamento de um apartamento?

Comprar um imóvel para a família é sempre uma grande conquista. Mas, por conta dos altos valores do mercado imobiliário, é comum necessitar de uma ajudinha dos bancos para adquirir um novo apartamento.

É neste ponto que entra o papel do financiamento. Idealizado para auxiliar pessoas de todas as rendas a adquirir itens de valor mais elevado, o financiamento muitas vezes assusta com o comprometimento em pagar as taxas de juros cobradas pelas instituições.

Entretanto, o medo muitas vezes não é justificado. O financiamento é um recurso muito importante, útil e seguro – basta que o consumidor esteja atento aos custos e detalhes do processo para garantir uma compra tranquila para o seu futuro. Além disso, existem várias dicas que você pode aproveitar para garantir melhores condições no seu imóvel.

Neste artigo, vamos entender melhor como funciona o financiamento de um apartamento e as vantagens de contar com uma boa construtora na hora de realizar o sonho da casa nova. Confira a seguir!

O que define as taxas de financiamento?

Na verdade, são diversas as variáveis envolvidas na definição das taxas do financiamento de um apartamento. Cada banco terá uma taxa mínima praticada, de acordo com os índices de mercado praticados no momento e as condições específicas oferecidas por cada instituição.

Entretanto, é importante saber que a taxa não é sempre a mesma para qualquer pessoa que queira fazer o seu financiamento. Ao entrar com um pedido de crédito, o banco realiza uma análise do perfil de risco de inadimplência que você oferece – ou seja, ele estima o risco que corre de não receber de volta o valor emprestado ao seu apartamento.

Assim, as taxas de financiamento de um apartamento também devem variar de acordo com as condições oferecidas de acordo com o seu histórico de crédito, renda mensal, estabilidade do emprego e até mesmo da sua relação prévia com o banco.

Eu preciso fazer o financiamento no meu banco?

Não necessariamente. Existem vários bancos e instituições que oferecem serviços para financiamento de um apartamento, sendo que cada um terá as suas próprias condições de pagamento e taxas de juros.

Você pode conversar com o gerente para consultar as exigências e benefícios oferecidos por qualquer um mesmo sem possuir uma conta previamente. No entanto, se você já for cliente da instituição, eles terão acesso às suas informações com mais facilidade – o que pode se traduzir em condições melhores e menos burocracia, trazendo mais agilidade para fechar o seu financiamento.

Quais os principais documentos necessários para fazer o financiamento de um apartamento?

Mesmo sendo um procedimento comum, existem várias etapas que tornam o financiamento um processo relativamente burocrático. Apesar disso, a experiência pode variar em diferentes instituições: enquanto algumas facilitam a comprovação dos requisitos exigidos pelo banco, outras são mais severas na hora de pedir a documentação. No entanto, os principais documentos exigidos são:

Documentos Pessoais

Ao entrar com um pedido de financiamento, é necessário apresentar originais e cópias do RG e CPF, comprovante de estado civil e de renda. A comprovação da renda é feita através de holerites, extratos bancários e declaração do imposto de renda, sendo que os autônomos podem apresentar também contratos de prestação de serviços, recibo por trabalhos prestados ou declaração comprobatória de recepção de rendimentos (Decore) feita pelo contador.

A comprovação de renda é um passo essencial para o banco na hora de definir sua capacidade de pagamento, uma vez que o valor das parcelas não pode comprometer mais do que 30% da renda familiar mensal. Além disso, é importante lembrar que quem é casado deve apresentar os documentos do cônjuge à instituição, juntamente com os seus.

Documentos do imóvel

Se você já tem um imóvel em vista, é necessário apresentar a certidão atualizada da respectiva matrícula no Cartório de Registro de Imóveis, sendo que o apartamento deve estar livre de ônus e sem dívida com a prefeitura, além de ser regularizado no nome do vendedor. Da mesma forma, o IPTU e o condomínio devem estar quitados.

No entanto, se você ainda não tem um apartamento para financiar, é possível pré-aprovar o financiamento com um período de validade variável, a depender do banco. Você recebe uma carta de crédito com validade mínima de 3 meses e pode utilizá-la com boa parte do financiamento já resolvido quando encontrar o apartamento dos seus sonhos.

É possível financiar o apartamento diretamente com a construtora?

Sim! Muitas construtoras e incorporadoras possuem disponibilidade de financiamento imobiliário para os seus clientes. Neste caso, você recebe o crédito diretamente da empresa responsável pelo empreendimento – muitas vezes com condições mais vantajosas e flexíveis do que outras instituições, uma vez que estão interessadas em efetuar a venda.

Aqui na Edificart, trabalhamos para facilitar ao máximo a realização do seu sonho da casa nova com ótimas condições de financiamento!

Conheça mais sobre nossos empreendimentos e condições de financiamento que oferecemos. Acesse o site! E também baixe o nosso ebook e confira o Passo a passo para ter o seu imóvel próprio!